Aldeias vigilantes

Este vídeo foi produzido pelo projeto “Aldeias Vigilantes: uma nova abordagem na Proteção dos Conhecimentos Tradicionais e no Combate a Biopirataria na Amazônia” da Amazonlink.

Assista a outros vídeos!

Recadinhos

nicollylinda sex, 04/03/2016 - 20:43

gostei

ola amei este vide muito legal intereçante muito bom da parte da equipe mas essa equipe eu já mandei mas de 7 mensagens para eles mas nao me responde entende o que eu tenho que fazer me ajudem

Anônimo ter, 16/06/2015 - 15:30

Muito interessante meus

Muito interessante meus parabéns a todos que partisiparam deste video incrivel

ticti ter, 26/05/2015 - 22:05

muito obrigado por tudo

e tambem gosto do avatares dos videos do jogos de tudo ,mando um abrasso para todos boa noite

ticti ter, 26/05/2015 - 22:02

eu estou adorando jogar e

eu estou adorando jogar e meus amigos da escola

Anônimo qui, 05/03/2015 - 10:18

meu sonho

meu sonho é ir para a floresta amazônica e vocês me ensinarão muito. me dei boa sorte. beijos, ana julia martins

Anônimo qui, 05/03/2015 - 10:14

amei esse saite minha

amei esse saite minha professora vai me elogiar quando eu levar a pesquisar valeu beijos

Anônimo qui, 03/04/2014 - 12:18

Renato e Antônio

Seus vídeos são muito bons! adoramos vcs.

Anônimo qui, 19/12/2013 - 00:39

A vida dos índios no brasil

Os povos indígenas precisam ser mais compreendidos pelas as autoridades pois eles têm grande participação no desenvolvimento do homem branco, do Brasil. Com a sua cultura, trabalho e outras ações, os índios contribuíram muito para que o Brasil fosse o gigante que é hoje. Já que o Brasil é um país de todos, porque não dos povos indígenas, que foram os precursores da história do Brasil? No Brasil existem vários símbolos nacionais; dois deles são: Pau Brasil e os índios.
Sou um grande admirador dos povos indígenas. Sou residente da cidade do Rio de Janeiro, mas nasci no sul da Bahia, fui criado trabalhando na roça, plantando cacau, café, feijão e outros. Conheço muito bem a vida do matuto, que é muito semelhante à vida no índio. Justiça...